Comportamentos que condicionam vidas

José António Moreira, OBEGEF

As consequências são bem mais graves, defraudando expetativas de relacionamento que a boa-fé na negociação justificava, deixando vidas em suspenso. 

A proteção dos denunciantes

Patrick Pitta Simões

Sessão realizada a 4 de maio no âmbito da TERTÚLIA de FRAUDE, onde foi abordada a transição do Compliance para os Canais de Denúncia e para a recém-publicada lei de proteção dos denunciantes.                

A Auditoria Interna no Combate à Fraude (2022)

Gabriel Magalhães, Jornal i online

Os números do estudo em 2022 confirmam uma vez mais a importância da auditoria interna, enquanto avaliador da eficácia dos processos de controlo interno e de governance numa organização, facilitando, desta forma, a mitigação da fraude através da revisão dos processos de gestão pelos respetivos responsáveis (sponsors)